repórter

textos de Augusto Baptista

12 septembre 2013

A BULA VIII

 

COMPRIMIDO VI


O homem que arrombou a livraria

 


O assalto à livraria consumou-se com o roubo de um livro, de um só livro, acontecimento tão insólito que o país se intrigou deveras.

Os jornais, as rádios e as televisões não falavam de outra coisa.

Para desvendar o mistério foi destacado um polícia muito arguto, que reco­lheu provas, fez as análises do costume e tudo o mais que estas coisas reclamam.

E quando o caso parecia sem saída, o perito formulou a pergunta essencial: a quem aproveitaria tal crime, que bolsos inchariam com tanto falató­rio?

Bom de ver: o autor do dito livro, logo preso!

Um barbudo cadastrado, pinga-amores e desordeiro, um tal de Luís Vaz.

Posté par teodias à 11:27 - Commentaires [0] - Permalien [#]

Commentaires

Poster un commentaire