repórter

textos de Augusto Baptista

10 septembre 2013

A BULA VI

 

COMPRIMIDO IV


O homem que cortava a direito


Os amigos recordam-no, saudosos, como um homem recto, cidadão que, face a contrariedades, não perdoava: se os calos o magoavam, vik!; se lhe doíam os dentes, vuk!

A última vez que foi visto queixara-se de uma leve dor de cabeça.

 

 

 

Posté par teodias à 11:21 - Commentaires [0] - Permalien [#]

Commentaires

Poster un commentaire