repórter

textos de Augusto Baptista

28 octobre 2006

Parlez vous Français?


Junto ao n.º 147 da Praça da República, um pouco acima do nível do passeio e encravada na frontaria esbranquiçada do prédio, uma caixa clara. Na tampa, ruídos visuais garatujados a negro e, em discreto relevo sob uma chama estilizada: VANNE GAZ. Descaído à esquerda, em círculo: EN CAS DE DANGER ENFONCER et POUSSER LE BOUTON ROUGE.

À senhora do 1.º andar, perguntámos o que era aquilo e o que lá estava escrito. «É a caixa do gás». Mais não sabia, nem lhe interessava: «No prédio só o 2.º e o 3.º é que usam. Eu tenho medo».

Utente ou não de gás, temeroso ou destemido, saiba o que fazer na hora de aperto: EM CASO DE PERIGO FORÇAR ESTE DISCO E RODAR OU EMPURRAR O MANÍPULO VERMELHO (conforme consta em Português noutros locais da Invicta). Dito isto, falta só — tarefa que nos ultrapassa — dar gás à tradução nas caixas.


AB

 In Notícias Magazine n.º 530 – 21 de Jun 2002

Posté par teodias à 22:57 - textos curtos - Commentaires [0] - Permalien [#]

Commentaires

Poster un commentaire