repórter

textos de Augusto Baptista

19 octobre 2006

Bordados à mão

Colado à montra, a desafiar os olhos da rua, o letreiro: "Bordam-se lençóis à mão". Foquei a objectiva, feito à imagem. «Ó senhor, o que está a fazer?». Apontei para o papel. «Mas por que está a fazer isso, senhor?» Modelei discurso: hoje com tudo feito à máquina, é bom encontrar resistências manuais. Não desarmou, excitada e já à ilharga, a proprietária da loja: «E para que quer isso, senhor?» Assumi ser coleccionador de dizeres, de letreiros, coisas assim, que aquele era muito interessan... clic! Embraveceu.... [Lire la suite]
Posté par teodias à 17:42 - - Commentaires [0] - Permalien [#]

19 octobre 2006

A revelação dos passos

As pessoas estão a ficar cada vez mais egoístas. Faça o teste: saia à rua, trace um rumo, caminhe. Sem desvio. Verá meio mundo a esbarrar contra si. Tudo gente que anda a direito. Sem desvio.   Augusto Baptista  In Notícias Magazine de 1 de Set 2002
Posté par teodias à 07:40 - - Commentaires [0] - Permalien [#]